Arquivo para Tristeza

Gloomy Sunday

Posted in Música with tags , , , , , on dezembro 3, 2012 by Lucas Bernardo Ramires

gloomysundayGloomy Sunday é uma canção composta por Rezső Seress, um músico húngaro, em 1933. Essa triste canção adquiriu com grande má fama na década de trinta, devido a sua letra triste e porque, supostamente, várias pessoas se suicidavam depois de ouvi-la. Essa música que teve diversas versões e intérpretes, adquiriu uma aura de mistério, ainda mais quando o compositor se suicida na década de sessenta. Vários compositores americanos gravaram versões, como Billie Holiday, o que causou certa confusão sobre o conteúdo da letra original. A letra original de Seress é extremamente sombria e desesperançosa. A versão original trata sobre a falta de esperança no futuro e sobre caminho que a humanidade estava tomando na década de trinta, enquanto a canção de Holiday, que foi mais difundida, trata claramente sobre suicídio. A canção de Billie Holiday teve o verso final alterado para amenizar  o teor da letra e dar um final menos sombrio para a história narrada na música. Porque, como citado anteriormente, a música tinha fama de ser amaldiçoada e levar as pessoas ao suicídio. Segue o link para quem quiser conferir a versão de Billie Holiday que também é uma bela canção: Gloomy Sunday

Publico aqui a tradução literal para inglês da letra original.

Gloomy Sunday

Gloomy Sunday with a hundred white flowers
I was waiting for you my dearest with a prayer
A Sunday morning, chasing after my dreams
The carriage of my sorrow returned to me without you
It is since then that my Sundays have been forever sad
Tears my only drink, the sorrow my bread…

Gloomy Sunday

This last Sunday, my darling please come to me
There’ll be a priest, a coffin, a catafalque and a winding-sheet
There’ll be flowers for you, flowers and a coffin
Under the blossoming trees it will be my last journey
My eyes will be open, so that I could see you for a last time
Don’t be afraid of my eyes, I’m blessing you even in my death…

last Sunday

Autumn leaves have yellowed and slipping the
He died on the ground of human love
Sad crying tears of autumn wind
My heart is not waiting for a new spring and hope
Vain and futile cry suffer
Heartless bad and greedy people …

Love is dead!

End of the world, the end of hope
Cities are destroyed, shrapnel play music
Human blood are colored red meadow
Are dead all over the road
Once again, say another quiet prayer:
Sir, people are fallible and make mistakes …

End of the world!

%d blogueiros gostam disto: