Arquivo para Incêndio

Peças do Quebra-cabeça

Posted in RPG with tags , , , , , , on abril 24, 2012 by Lucas Bernardo Ramires

24/12/1958

Em uma tarde fria de Dezembro, em uma bela casa situada uma região elegante de Londres, Daniel Graesser examina mais uma vez alguns relatórios dos testes que ele havia mandado fazer nos laboratórios da empresa de sua família.

Depois que sua noiva Sthephany Queeny morreu em um terrível acidente em seu laboratório, tudo se tornou frio e amargo para Daniel. Ele compara os relatórios da Polícia e do Corpo de Bombeiros sobre o incêndio e tudo lhe parece trabalho displicente de incompetentes. Incêndio de “Causas indeterminadas” é a posição das autoridades da Cidade.

Os testes que Graesser fizera com amostras coletadas as escondidas no laboratório incendiado apresentam o que poderiam ser traços de um moderno explosivo, nada de conclusivo, mas isso é o suficiente para alimentar nele a paranóia e a sensação de impotência diante da situação.

—–

Ja anoiteceu em Londres e Desmond Cadman ainda está envolvido em trabalho burocrático no escritório da Scotland Yard. Preenchendo relatórios, mesmo na véspera de Natal, quando a maioria de seus colégas investigadores ja foram para o conforto de seus lares encontrar seus familiares para a ceia de natal.  Cadman faz suas tarefas calmamente, talvez por querer evitar ir para casa e encontra-la vazia e sombria, ele mantêm o pensamento fixo no trabalho.

São aproximadamente 21 horas quando ele termina o trabalho, o escritório agora encontra-se semi-iluminado, Cadman está sozinho, seu olhar vagueia pela sala e se concentra em um quadro em que estão presas fotos de moças desaparecidas nos ultimos seis meses, casos que continuam em aberto. Seis jovens mulheres que desapareceram em uma grande cidade…

  Uma ligação de um policial em patrulha pela cidade avisa que um corpo foi encontrado nas margens do rio Tâmisa.

—–

Daniel Graesser é avisado por seu empregado que há uma correspondência para ele esperando em sua mesa. Com todo cuidado que só um paranóico pode ter Graesser abre a correspondência, um pacote de papel pardo contendo duas pastas de couro negras.

Na capa da pasta mais volumosa ele encontra o que parecem ser todos os dados coletados por sua noiva em sua pesquisa até o momento de sua morte. Um assunto que ela nunca dividiu com Graesser era o objetivo de suas pesquisas, ela sempre respondia com evasivas, e ele sempre aceitou isso porque sabia que os patrocinadores dela não gostam de dividir informação.

No outro volume de capa negra Graesser encontra uma espécie de dossiê. O que inicialmente chama a atenção dele são fotos, uma série de fotos que mostram homens de jalecos alegremente exibindo os resultados de seu trabalho. As fotos contam uma história, um homem, um paciente de distintos doutores, que recebe injeções e exames cuidadosos, que entretanto, termina morto em uma maca. Em uma das fotos Graesser pode ver claramente no braço do homem as terríveis marcas do aprisionamento em um campo de concentração.

Esse volume contém várias páginas amareladas do que parecem ser relatórios de pesquisa, de numeração de páginas descontinuada, escritos em alemão, onde ele consegue identificar com alguma dificuldade o nome Unbesiegbaren Krieger (Guerreiro Invencível).

—–

Uma chuva fina e gelada volta a cair e piora muito o desconforto do frio, logo que Cadman desce do carro. Um corpo está estendido de bruços na lama junto à margem do rio. Alguns poliais estão isolando a cena de mais um crime…

As águas do rio Tamisa, à noite, são tão escuras, elas parecem um monstro que se arrasta silenciosamente pela cidade. Quantos corpos já estiveram nessas águas?

Cadman segue cuidadosamente até onde encontra-se o corpo de um homem deitado de bruços na lama do Tâmisa, ele procura por pegadas que talvez indiquem pistas sobre os rastros do morto e não encontra nada. A perícia ainda não chegou, nem o fotógrafo, Cadman aproveita a oportunidade e sem exitar começa a investigação.

O homem veste uma jaqueta de couro negra e calças jeans em um estilo muito americano, ele tem um grande trauma na cabeça, o pulso direito quebrado e um horrível corte na garganta que faz parecer um boneco quebrado cuja cabeça está caido.

O homem carregava uma carteira de couro com um distintivo da Polícia de Nova York, a dientificação diz que ele se chamava Hank Delon Seyfried. Ele tinha algus dóllares e por volta de cem Libras na carteira, e um relógio prateado no pulso esquerdo. Além destes pertences no bolso da jaqueta havia um bloco de anotações em que Cadman encontra anotados o endereço de um hotel e uma livraria de Londres, além de um papel com o contato de um policial chamado j. Carling.

Logo depois o fotógrafo e os peritos chegam e Cadman deixa o local nas mãos deles. Ele ainda entrevista os jovens que primeiro avistaram o corpo do policial americano no rio, Cadman faz algumas perguntas rotineiras e os libera em seguida.

— —

Resumo da crônica O Caminho das Sombras que tem como referência o Cenário de Trevas, editado pela Daemon Editora.

Narrador: Lucas Bernardo Ramires

Daniel Graesser – Grecco Morais

Desmond Cadman – Leandro Zanchin

%d blogueiros gostam disto: