Arquivo para Banheira sangrenta

Aliança de Sangues

Posted in RPG with tags , , , , , , , on setembro 25, 2012 by Lucas Bernardo Ramires

Am I dreaming? My heart pounds my chest
Held for ransom in a spider’s web
Suffocating, no one hears my calls
Never ending, till the black curtain falls

Snakes, surround me
Offering their death kiss to me
Down, I’m drowning
How long, I hold my breath
Dogs are chasing
My legs are paralyzed
Pray, don’t find me
My life is fading fast

– Megadeth, “Black Curtains”

27/12/1958

Daniel Graesser está em sua casa fazendo planos de fuga contra inimigos desconhecidos que perigosamente espreitam seu não mais tão seguro lar. Markus, o homem desconhecido que levou Graesser à enxergar  rachaduras no tecido da realidade está ferido de um modo que desafia a racionalidade, no entanto, de alguma forma ele continua vivo. A maioria das idéias de Graesser parecem difíceis de executar sem ajuda, mas em quem confiar? Graesser espera que a qualquer momento algo terrível aconteça, a tensão é quase palpável.

— —

Dirigindo velozmente pelas ruas escuras de Londres, Cadman, após deixar o aeroporto Heathrow, vê pelo retrovisor do ford 1950 negro um par de faróis em seu encalço. O carro em alta velocidade se aproxima rapidamente e bate violentamente no para-lama traseiro do veículo de Cadman. O investigador quase perde o controle do veículo. Ele acelera, depois faz ousadas manobras para despistar seu perseguidor, mas, perde o controle do veículo.

Cadman consegue evitar um acidente, no entanto, é rapidamente alcançado e ultrapassado pelo carro negro que o perseguia. O Veículo para com o ruído alto de pneus, dele saem dois homens portando armas. Sem dizer uma palavra os homens fazem pontaria e disparam em direção a Cadman. Ele somente consegue tempo para sacar a pistola e esconder-se atrás do carro enquanto as balas cortam o ar perigosamente em sua direção. Em desvantagem numérica e ferido Cadman está acuado, um dos homens dispara uma chuva de projéteis com um rifle de assalto de alto poder de fogo.

Aproveitando um hiato entre os disparos dos inimigos Cadman faz um disparo preciso, no peito de um dos homens que manejava um objeto cilíndrico. Com o impacto da bala o homem deixa cair o objeto. Segue se uma grande explosão que encerra o conflito. Momentos depois Cadman parte, deixando para trás um  carro em chamas, os restos destroçados pela explosão de um dos atacantes e a vizinhança em pânico.

— —

No porta-malas do carro crivado de balas, Cadman, leva um dos homens que o atacou. Ao revistar o homem, seriamente ferido na explosão, o investigador encontra dois endereços anotados em um papel, um deles é o seu, o outro ele pretende descobrir logo…

Um carro estaciona em frente a Residência dos Graesser. No silêncio da madrugada Daniel ouve um motor ser desligado, o ruído de portas abrindo e depois fechando, vozes e em seguida o som da campainha. Cuidadosamente ele vai até o portão enquanto Markus esconde-se no carro para uma fuga rápida caso seja necessário. Apesar de parecer tola a ideia de que seus inimigos tocariam a campainha da porta da frente para ataca-los precaução nunca é demais.

Junto ao portão está um homem pálido aparentando ter por volta de trinta anos. Ele traja roupas formais e aponta rapidamente uma pistola para Graesser. O homem ordena que ele aproxime-se e então ele vê na calçada outro homem deitado no chão, com parte do rosto e roupas queimados e sangrando.

– Você conhece esse homem?

– Não, e não quero saber, saia daqui eu não quero problemas.

– Esse homem tentou me matar, ele tinha esse bilhete com seu endereço. Acredito que você era o próximo alvo.

– Acho que é melhor você entrar e trazê-lo junto.

Na mansão, Daniel Graesser e Desmond Cadman interrogam o prisioneiro. Ele recusa-se a cooperar e parece saber muito pouco também. Gravemente ferido o nazista morre logo em seguida. Markus depois de uma breve conversa afirma que Cadman também foi transformado e que ele agora também é um Vampiro como Markus e Graesser. Ele também revela que ele sabe existir um grupo nazista que deseja usar o sangue vampírico com algum propósito nefasto e que os homens que os ameaçam são soldados desse grupo.

Depois dessas terríveis revelações os três decidem ir até o local no campo onde Cadman relatou ter sido atacado. Em consenso eles acreditam que seria um bom lugar para esconderem-se e encontrar pistas. Cadman dirigindo um pequeno caminhão da Graesser Chemical segue novamente até Gloucestershire onde se localiza Woodchester mansion.

— — 

Em Woodchester eles passam o dia dormindo o sono dos mortos sob o chão de pedra fria da mansão abandonada. Quando está escuro novamente, Cadman e Graesser, os dois novos filhos da noite investigam a casa em ruínas. Junto aos traços de uma época passada eles descobrem, no centro de um dos aposentos não arruinados da mansão, uma velha banheira com vestígios de que esteve cheia de sangue! Corpos putrefatos de jovens mulheres semi-nuas em um velho poço em um jardim abandonado completam um cenário de horror.

Quando Cadman e Graesser procuram Markus em busca de orientação, eles descobrem que ele desapareceu. Eles são agora dois jovens monstros sozinhos na noite escura.

— —

Resumo da crônica O Caminho das Sombras que tem como referência o Cenário de Trevas, editado pela Daemon Editora.

Lucas Bernardo Ramires – Narrador

Daniel Graesser – Grecco Morais

Desmond Cadman – Leandro Zanchin

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: