Hell on Wheels

Estou aqui novamente, para divulgar uma série que terminei de assistir a primeira temporada e gostei muito da produção. Trata-se de Hell on Wheels da AMC, a história se passa no período pós-Guerra Civil norte americana. O principal protagonista é Cullen Bohannon (Anson Mount), um ex-confederado muito experiente e amargo, que está atrás de um grupo de soldados da União, que acompanharam o General Sherman na sua campanha de invasão aos estados sulistas, e quando nas terras de Bohannon mataram sua esposa e filho. Em sua busca por vingança Bohannon arranja emprego na Union Pacific, empresa que está construindo a Ferrovia Transcontinental. Em Hell on Wheels, como se chama o acampamento montado pela empresa para construir a estrada de ferro, ele encontra outro personagem que vai se tornando mais importante ao longo da primeira temporada, Elam Ferguson (Lonnie Rashid Lynn, Jr.) um ex-escravo que trabalha na construção da Ferrovia Transcontinental, imagine que cenas interessantes um ex-escravo e um ex-senhor de escravos podem protagonizar em meados do século XIX, quando as feridas da guerra ainda não cicatrizaram.

Os dois protagonistas Bohannon e Ferguson, companheiros improváveis vão desenvolver uma relação de amizade que desafia os paradigmas sociais daquele contexto histórico. Entre os envolvidos com a obra está também Thomas “Doc” Durant (Colm Meaney), um empresário sem escrúpulos que não mede esforços para obter lucro com seus negócios, em suma uma boa representação de um “capitalista” do século XIX. Regado a muito whisky, tiroteios, personagens amorais, ataques de índios, a série apresenta, na minha opinião, uma versão muito verossímil da conquista do oeste norte-americano, sem apelar muito para os clichês tipicos do cinema americano quando trata de representar seus heróis nacionais como a figura de um cowboy virtuoso tão inverossímil como os apresentados em filmes do gênero Western produzidos pelos americanos. A primeira temporada tem apenas dez episódios muito bem trabalhados, tanto no roteiro quanto do ponto de vista da arte emvolvida, música, fotografia e vestimentas. Em resumo vale a pena assistir!

Segue o Trailer para quem quiser conferir:

Anúncios

3 Respostas to “Hell on Wheels”

  1. Carlos Hentges Says:

    Deadwood?

    • Lucas Bernardo Ramires Says:

      Eu até ia escrever sobre isso, mas como eu nunca assisti ao Dead Wood, porque achava meio caricato não posso afirmar a semelhança a não ser a óbvia que é a ambientação.

      • Carlos Hentges Says:

        Já ouvi falar muito bem. Possivelmente vou me aventurar por lá antes, já que o seriado teve vida curta: 3 temporadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: